Nissin Miojo. Contém história. > Fale conosco

Encontre por:

ou

Digite o ingrediente

Vida com Sabor

Quando você cuida da sua saúde e se alimenta de forma equilibrada, a vida tem mais qualidade e sabor. Por isso, além de fazer os melhores produtos, a Nissin também quer orientar você com informações corretas e dicas saudáveis. Esta é a área do site onde você vai encontrar sempre uma dica ou curiosidade da nossa nutricionista.

Azeite: virgem ou extravirgem? Qual é a diferença? O que é teor de acidez e prensagem a frio?


O azeite de oliva é um dos óleos mais saborosos e nutritivos do mundo. Ele é obtido com a prensagem a frio (em temperatura ambiente) das azeitonas. O uso do calor para extrair o azeite altera o sabor, o odor e a qualidade final do produto. A classificação do azeite como virgem ou extravirgem é feita pelo nível de acidez, que é determinado pela concentração de gorduras saudáveis, como as poli e as monoinsaturadas. Essas gorduras são boas, pois auxiliam na diminuição do colesterol ruim no sangue e aumentam o bom colesterol. O azeite também é rico em antioxidantes, que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de doenças. Esses benefícios só podem ser obtidos se o azeite for consumido em temperatura ambiente, usado para temperar saladas cruas, vegetais cozidos ou para finalizar pratos. Quando aquecido, ele perde as propriedades nutricionais. Quanto maior a quantidade de gordura boa, menor será a acidez. Assim, o azeite extravirgem (acidez máxima de 1%) é o que possui a maior qualidade. Ele também tem sabor e odor mais acentuado e maior grau de pureza, por ser obtido da primeira prensagem das azeitonas. O azeite de oliva virgem possui acidez máxima de 1,5% e é extraído da segunda ou terceira prensagem do fruto. Com isso, ele perde um pouco o sabor. Os outros tipos de azeite, como o refinado, tem sabor inferior e menor efeito protetor contra as doenças. Recomenda-se que o azeite seja guardado em embalagens fechadas, em temperatura ambiente e em locais de pouca luz, para que sua qualidade não seja alterada. O consumo diário de azeite deve ser de uma colher de sopa.